História da Refazenda

Origem do nome Refazenda

O nome “Refazenda” poderia ter sido inspirado pela bela música do compositor baiano Gilberto Gil, mas aqui, enquanto cachaça artesanal produzida em alambique, significa refazer o que o avô deste produtor, o Sr. Luiz Bordin, na década de 50, fazia com maestria numa propriedade rural do interior do Rio Grande do Sul, na época pertencente ao município de Erechim, hoje Jacutinga do Sul. Criado na casa de seu avô até os 8 anos de idade, ficou registrado na sua memória a lida de uma cantina onde se produzia bom vinho, grapa e cachaça, com todas as suas nuances da manipulação e do cheiro característicos desse ambiente. A Geração sucessora de seu avô, seu pai e tios.migrou para a cidade e abandonou totalmente as práticas rurais e principalmente da produção de vinho e cachaça. Recomeçar essa prática é. portanto, RESGATAR esse elo cultural rompido por uma geração inteira mas que deixara marcas na memória e talvez na genética de uma geração seguinte, que agora começava a ser refeita. REFAZENDA é portando o ato de refazer algo que já fora feito e agora renasce com o propósito de ser feito melhor.

História

O início da produção

A produção da Cachaça Refazenda começou em 2001. A partir do conhecimento de que, a cachaça produzida em alambique sem observação das boas práticas recomendadas para o processo produtivo poderia se constituir num verdadeiro veneno, Selito Bordin, neto de Luiz Bordin, apreciador de uma boa cachaça, decidiu produzir sua própria bebida. Comprou um pequeno e velho alambique, aposentado por um antigo produtor e iniciou sua produção depois de algumas leituras sobre o processo de produção de cachaça e de algumas orientações obtidas numa unidade de treinamento da EPAGRI de São Miguel do Oeste (SC).

Entre erros e acertos a produção desse primeiro ano chegou a 500 litros, parte com utilização de cana produzida em seu próprio sítio e parte com cana comprada nas barrancas do Rio Uruguai, distante quase 100 km do alambique. Colocada para envelhecer em barris de madeiras variadas (grápia, guajuvira, sassafrás. cabriúva e carvalho), à medida em que o tempo passava, foram se definindo os aromas. Logo ficou evidente que o carvalho dava a melhor cor e o melhor aroma à cachaça. Com o incentivo de amigos, também apreciadores de cachaça, a produção para o ano seguinte foi aumentada. O canavial foi ampliado e foram adquiridas barricas restauradas, de carvalho escocês. 0 produto melhorou ainda mais e agora precisava ir para o mercado- Passados todos os procedimentos de legalização, a Cachaça Refazenda passou a ser comercializada a partir de meados de 2004.

Sobre a loja

Cachaça Refazenda é produzida de forma artesanal, porém com tecnologia de ponta, e sob a supervisão presencial permanente do seu proprietário, o Agrônomo e Mestre Alambiqueiro Selito Bordin. Produção em pequena escala, com a cana plenamente madura. O cultivo é isento de agrotóxicos, o corte é manual, a moagem ocorre em até 48 hs após o corte, fermentação em 24 hs, com temperatura e brix ideias, Na destilação são rigorosamente separadas cabeça e coração, com aproveitamento apenas do coração da cachaça.

Pague com
Selos
  • Site Seguro

Pampa Indústria, Comércio e Representações Ltda - CNPJ: 73.759.409/0001-60 © Todos os direitos reservados. 2018